Para ter uma conta ou receber um benefício do governo, você precisa do CPF. O mesmo para um cartão, para tirar a carteira de trabalho e até para se matricular na faculdade.

De fato, ele é um dos mais importantes documentos que temos. Mas se você quer saber mais sobre o Cadastro de Pessoa Física, fizemos um conteúdo completo e detalhado para te ajudar. Aqui, você vai ver, por exemplo:

  • O que é CPF e para que ele serve;
  • Como fazer o seu Cadastro de Pessoa Física, com a documentação completa e o passo a passo;
  • Detalhes sobre a situação cadastral do seu documento na Receita Federal;
  • Como consultar o CPF online na Serasa, na Receita e em outros birôs de crédito;
  • O que significa ter restrição no nome e como limpar o seu nome;

E muito mais!

O que é CPF?

Em resumo, a sigla CPF significa Cadastro de Pessoa Física. Na prática, o documento é uma numeração formada por 11 dígitos e cada pessoa tem os próprios números.

De acordo com a Receita Federal, não há idade mínima para a inscrição. Assim, até mesmo recém-nascidos podem ter uma numeração própria. Aliás, eles já saem da maternidade com o Cadastro feito.

Além disso, tanto brasileiros quanto estrangeiros, residentes no Brasil ou no exterior, podem se inscrever no Cadastro de Pessoa Física.

Cadastro mantido pela Receita Federal

Assim que você faz o cadastro na Receita Federal, recebe os números que serão os mesmos a vida inteira. 

Em outras palavras, o seu CPF é único e definitivo, por isso só muda por decisão da Justiça.

Confira abaixo o passo a passo para tirar o seu documento.

Para que serve o CPF?

De fato, o CPF serve para identificar os contribuintes do Imposto de Renda, e seus dependentes de qualquer idade. 

Mas, na prática, ele tem funcionado como principal documento de identificação em uma série de situações:

  • Finanças: ele é o documento para abertura de contas, concessão de empréstimo pessoal e de cartão de crédito;
  • Benefícios sociais: por meio do CPF o governo identificou, por exemplo, os beneficiários do Auxílio Emergencial;
  • Trabalho: a Carteira de Trabalho Digital utiliza o CPF como identificador dos profissionais;
  • Educação: para se matricular em uma universidade você também precisa de um CPF.

Em outras palavras, o Cadastro de Pessoa Física é fundamental na vida dos brasileiros. Ou seja, todos os cidadãos do Brasil precisam ter esse documento.

Como eu faço o meu CPF?

Para que você faça seu documento, o caminho mais fácil e gratuito é pelo site de inscrição de CPF da Receita Federal.

Além disso, para quem prefere um serviço offline, pode fazer a inscrição na rede conveniada:

  • Caixa Econômica Federal;
  • Banco do Brasil;
  • Correios;
  • Cartório de Registro Civil de Pessoas Naturais;

No entanto, nos atendimentos presenciais, é preciso pagar R$ 7 como taxa de emissão.

Documentação necessária

Para tirar o CPF, você precisa apresentar os seguintes documentos:

  1. Documento de identificação oficial com foto, por exemplo, RG.
  2. Certidão de Nascimento ou Certidão de Casamento, caso não conste no documento acima a naturalidade, filiação e data de nascimento.
  3. Título de eleitor ou documento que comprove o alistamento eleitoral. Esse requisito é obrigatório para maiores de 18 anos e menores de 70 anos.

Para menores de idade, também é necessário apresentar um documento de identificação oficial com foto do solicitante. Ou seja, um dos pais, tutor ou responsável pela guarda.

Para os menores de 16 anos, é preciso ainda apresentar a documentação que comprove a tutela ou responsabilidade pela guarda.

CPF Infantil: Como Fazer Online?

Atenção! Conforme informações da Receita Federal, os documentos apresentados em papel nas unidades de atendimento devem ser originais ou cópias autenticadas.

Não existe mais cartão de plástico

Depois de fazer a inscrição e apresentar a documentação necessária, você recebe o cartão de CPF, ou comprovante de inscrição.

De acordo com a Receita, o cartão físico de plástico não existe mais. Desde que ele deixou de ser emitido em 2011, o comprovante de CPF passou a ser virtual.

Assim, caso necessário, você pode imprimir o seu comprovante de inscrição pela internet.

Além disso, ele também pode ser emitido por meio do app Pessoa Física, disponível gratuitamente nas lojas de aplicativos. Para os celulares Android, na Google Play, e para os iPhones na App Store.

Situação cadastral na Receita Federal

Depois que você tira o CPF, ele está válido e em situação regular. Ou seja, isso significa que está tudo correto na Receita Federal.

No entanto, existem situações em que o seu Cadastro pode ter problemas na Receita. Em outras palavras, voc6e pode ficar com o CPF irregular. Dessa forma, ele pode ter as seguintes situações cadastrais:

Pendente de Regularização

Ou simplesmente irregular. Isso significa que você não entregou alguma Declaração de Imposto de Renda.

Para resolver, você precisa entregar a declaração pendente e pagar a multa pelo atraso. Logo depois disso, normalmente no dia seguinte, o seu CPF voltará à situação regular.

CPF Suspenso

No caso do CPF suspenso, isso acontece por causa de informações incorretas ou incompletas. Outro motivo para a suspensão é alguma pendência eleitoral.

Por exemplo, em 2020, milhões de pessoas tiveram dificuldade em receber o Auxílio Emergencial por estar com CPF suspenso.

Conforme noticiou a Agência Brasil, em abril de 2020, a Receita Federal precisou regularizar 11 milhões de CPFs por isso. Em outras palavras, as pessoas não foram votar, e o CPF foi suspenso.

Para regularizar a situação cadastral é preciso resolver as pendências eleitorais. Caso o problema seja informações incorretas ou incompletas, você pode fazer o pedido de regularização pela internet.

Cancelado

Um CPF só é cancelado por decisão judicial, em caso de eventuais duplicidades. Ele também pode aparecer como CPF inválido.

Além disso, ele também pode ser cancelado quando a pessoa morre. No entanto, neste último caso, para a Receita Federal a situação cadastral aparece como titular falecido.

Consulta CPF online

Agora que você já sabe as possíveis situações do seu Cadastro de Pessoa Física, confira como consultar o CPF online.

Na Receita Federal

Pelo app CPF Digital, disponível na Google Play e na App Store, você pode consultar a qualquer momento.

Além disso, se preferir, pode fazer a consulta no site da Receita Federal:

  1. Em primeiro lugar, acesse o site e clique em “Meu CPF”;
  2. Em seguida, clique em “Consultar CPF”;
  3. Logo depois, clique em “Etapas para a realização deste serviço” e escolha Consultar situação cadastral no CPF.
  4. Por fim, informe o número do CPF e a sua data de nascimento. Além disso, será preciso confirmar que você não é um robô.

CPF pelo nome

Muitas pessoas já precisaram buscar o CPF de alguém, mas não tinha os números. Até mesmo pais e mães que não lembram o CPF dos seus filhos.

No entanto, não existe um jeito fácil de consultar o CPF pelo nome. Apenas empresas que vão analisar crédito e a própria Receita Federal podem fazer isso.

Então, a dica de ouro é procurar em outros documentos. Em último caso, você precisará ir a uma agência da Receita Federal.

Na Serasa, SPC e Boa Vista SCPC

Nos birôs de crédito, no momento em que você consulta o seu CPF, também fica sabendo como está seu score.

  • Serasa: consulta ao CPF online e grátis pelo site serasa.com.br ou pelo aplicativo;
  • Boa Vista SCPC: também realiza a consulta online e grátis pelo consumidorpositivo.com.br e pelo app Boa Vista Consumidor Positivo;
  • SPC: consulta pela internet, mas com cobrança pelo site spcbrasil.org.br. Cada consulta de CPF custa R$ 16,90.

Nos três casos, você fica sabendo sobre registros de inadimplência, protestos em cartório, cheque sem fundos e outros tipos de dívidas.

Como Aumentar o Score Urgente? [Passo a Passo]

Diferença entre Score Serasa e Boa Vista

Score Baixo? Saiba Como Resolver Online!

Cartão com Score Baixo: Como Solicitar?

Cadastro Positivo Aumenta o Score?

Como Aumentar o Score Itaú? [Passo a Passo]

O que significa ter restrição no CPF?

Caso você tenha algum registro de inadimplência nos birôs de crédito, então você tem uma restrição no seu nome. Ela pode ser por uma dívida, cheque sem fundo ou protesto no cartório, por exemplo.

Isso significa que essa pendência no seu nome vai dificultar seu acesso ao crédito. Em outras palavras, se você pedir um cartão ou um empréstimo pessoal, pode ser negado por essa restrição.

Como limpar o nome?

Logo depois de consultar o seu CPF, se houver alguma restrição, significa que você está com nome sujo.

Para limpar o nome, é preciso negociar a dívida com a empresa para a qual você está devendo. Em seguida, você receberá uma carta de anuência.

E, por fim, 5 dias úteis depois, a empresa vai tirar o seu nome da lista dos birôs de crédito. Assim, seu nome ficará limpo.

Score CPF

O score do CPF ou pontuação de crédito é um número que vai de 0 a mil. Na prática, ele indica as chances de alguém pagar as contas em dia.

Cada birô de crédito tem a própria fórmula matemática para calcular essa pontuação. Mas de forma geral, eles levam em conta o seguinte:

  • Se você está inadimplente ou não. Ou seja, se está com nome sujo ou limpo.
  • Se teve alguma dívida nos últimos anos.
  • Por quanto tempo ficou com uma dívida pendente no seu nome. Em outras palavras, qual o prazo entre ficar endividado e quitar o débito.
  • Há quanto tempo você não adquire nova dívida.
  • Pagamento integral das faturas do seu cartão no último semestre.
  • Se possui crédito contratado e há quanto tempo utiliza algum tipo de crédito.
  • Consultas para serviços e crédito que não sejam feitas por seguradoras ou empresas de telefonia.

Nem todas essas informações são negativas. Por exemplo, ter o crédito há muito tempo é positivo para o seu score. Porque demonstra que você sabe lidar com ele.

Mais sobre o Cadastro de Pessoa Física

CPF na base do Cadun

O Cadun, também conhecido como CadÚnico, é o Cadastro Único para programas sociais do governo federal.

Muitas pessoas foram consultar o Auxílio Emergencial e receberam a mensagem de erro: “CPF na Base do Cadun“.

Isso significa que elas não precisavam fazer um novo cadastro, porque já faziam parte do Cadun.

CPF na nota

Embora muitas pessoas acreditem que colocar o CPF na nota aumenta o score, isso é um mito. Ou seja, colocar o CPF na nota significa que você está ajudando a combater a pirataria e a sonegação fiscal.

No entanto, não tem qualquer efeito sobre a sua pontuação de crédito. Conforme dissemos acima, o score só utiliza os dados que os birôs de crédito possuem sobre você. E a nota fiscal das suas compras não é um desses dados.

Conclusão

Por fim, saiba que o CPF é dado sensível e é preciso cuidar muito bem dele para evitar golpes. Em outras palavras, não informe a sua numeração em redes sociais e verifique antes de preencher qualquer cadastro pela internet.

Com esse conteúdo detalhado, você viu o que é CPF e para que ele serve. Além disso, também viu diversas formas de consultar o seu nome online e o significado das situações cadastrais na Receita.

Que tal compartilhar esse conteúdo com mais pessoas que possam se interessar por essas informações?

FAQ

Como consultar o CPF Online?

Você pode consultar o CPF online no site da Receita Federal para saber sua situação cadastral. E também pode fazer a consulta ao nome pela internet nos três principais birôs de crédito do país. Basta acessar as páginas da Serasa, da Boa Vista SCPC e do SPC (Serviço de Proteção ao Crédito.

O que é CPF na base do Cadun?

Ter o CPF na base do Cadun significa que você já possui um cadastro nos programas sociais do governo federal. Assim, não é necessário fazer outro cadastro para receber, por exemplo, do Auxílio Emergencial.

Como saber se o CPF está ativo?

Para saber se o seu CPF está ativo e em situação regular, consultar na Receita Federal gratuitamente pela internet. Você precisará informar o número do CPF e a data de nascimento. Ou seja, não é possível consultar o CPF pelo nome completo.