A conta poupança é, normalmente, o primeiro contato dos brasileiros com investimentos. De fato, essa aplicação financeira é a mais popular, mesmo que a rentabilidade da poupança não seja vantajosa.

Nos últimos meses, o rendimento da poupança tem perdido com frequência para a inflação. Ou seja, ainda que você veja o valor do dinheiro guardado subindo, ele está perdendo o poder de compra.

Em outras palavras, os R$100 que você guarda hoje não será capaz de comprar as mesmas coisas em um ano.

Se isso tudo ainda está um pouco complicado, continue a leitura, porque vamos explicar a rentabilidade da poupança em detalhes.

Além disso, você também vai ver como o rendimento da poupança é definido, como a inflação afeta os seus ganhos. E muito mais.

O que é rentabilidade da poupança?

Em resumo, a rentabilidade da poupança é quanto o seu dinheiro vai crescer num determinado período.

Atualmente, o rendimento anual da poupança está em 3,68%. Isso porque a Selic está em 5,25% ao ano, ou seja, abaixo de 8,5%.

Assim, a rentabilidade da caderneta de poupança é de 70% da Selic, conforme a regra de 2012. Abaixo explicamos em detalhes a regra da rentabilidade da poupança.

Dessa forma, a poupança rende 0,30% ao mês. Como resultado, se você guardar R$100 hoje, terá R$3,68 de rendimento em 12 meses. Ou seja, um total de R$103,68.

No entanto, esse resultado pode ser diferente caso aconteçam mais mudanças na Taxa Selic.

Como o rendimento da poupança é calculado?

Em primeiro lugar, é importante saber que a rentabilidade da poupança é definida pelo governo e é igual em todos os bancos.

Ou seja, o rendimento da poupança na Caixa é o mesmo que no Itaú, Banco do Brasil ou em qualquer outro.

Confira abaixo a regra de rentabilidade da poupança:

Rentabilidade da poupança antiga

Para depósitos feitos antes de 4 de maio de 2012, o rendimento é 0,5% ao mês mais a Taxa Referencial (TR). Dessa forma, a poupança antiga rende 6,17% ao ano.

Poupança nova

No entanto, todos os depósitos feitos depois de 4 de maio de 2012, passaram a seguir uma nova regra. 

Assim, o rendimento da poupança passou a ser 70% da Taxa Selic, quando ela estiver abaixo de 8,5% ao ano.

No entanto, caso a Taxa Selic volte a ficar acima desse patamar, volta a regra da poupança antiga (0,5% ao mês +TR).

E quem define a Taxa Selic?

Bom, já que a rentabilidade da poupança depende da Selic, nada mais natural do que saber quem define essa taxa.

Em resumo, a Selic é a taxa básica de juros da economia brasileira. Quem define o seu valor é o Copom (Comitê de Políticas Monetárias do Banco Central).

A saber, esse comitê se reúne a cada 45 dias para avaliar a economia e decidir sobre a Taxa Selic.

Uma das principais funções da Taxa Selic é controlar a inflação. Assim, se a inflação estiver alta, o Copom aumenta a Taxa Selic para controlar os preços.

Por outro lado, se a inflação está mais baixa, o Copom reduz a Taxa Selic e estimula a economia.

Assim, a inflação afeta a rentabilidade da caderneta de poupança, por causa da Taxa Selic.

Tabela rendimento da poupança

O rendimento da poupança hoje é de 0,24% ao mês, porque segue a regra dos 70% da Selic. Ou seja, se você guardar R$100 na conta poupança, em um mês terá R$100,24.

Por outro lado, a rentabilidade acumulada em 2020 foi de 2,11%. 

[tabela]rentabilidade da poupança mês a mês em 2020

Para que você possa conferir todos os rendimentos mensais da poupança desde 1983, basta acessar o site da Debit.

Calculadora rentabilidade da poupança

O Banco Central criou a Calculadora do Cidadão para facilitar a vida de quem quer calcular a rentabilidade da poupança.

Na prática, a ferramenta funciona como um simulador. Ou seja, você pode calcular diversos cenários sobre o dinheiro que ficou guardado.

Mas, se quiser, também consegue fazer projeções futuras. Neste caso, será necessário usar a configuração de aplicação com depósitos regulares.

Desse modo, é preciso ter uma ideia de qual é a taxa mensal de juros da poupança que você vai estimar.

Juros: quando recebo a rentabilidade da poupança?

A caderneta de poupança não paga juros todos os dias, ou seja, ela não tem rentabilidade diária.

Sem dúvida, essa é outra desvantagem da poupança em relação a outros investimentos.

Pela regra, os juros da poupança só são pagos ao poupador 30 dias corridos depois do depósito. Por isso, recebe o nome de aniversário da poupança.

Em outras palavras, quando seu depósito faz aniversário, você recebe os juros da poupança.

Só para ilustrar, o Tesouro Selic tem rentabilidade diária e, assim, paga juros todos os dias úteis. O mesmo acontece com as contas remuneradas, como a do Nubank, que rendem um pouquinho todo dia.

Vale a pena investir na poupança em 2021?

Conforme todas as informações que apresentamos, a poupança não é um investimento vantajoso.

  • Rentabilidade baixa: a poupança rende menos do que o Tesouro Direto, por exemplo.
  • Demora para render: você precisa deixar o dinheiro parado por 30 dias para receber os juros da poupança.

Além disso, existem diversas opções de investimentos melhores que podem ser uma alternativa para o seu dinheiro. Então vamos a elas:

Tesouro Direto

A primeira indicação para quem quer sair da poupança é o Tesouro Direto. Em primeiro lugar, porque ele é considerado o investimento mais seguro que existe no Brasil.

Já que ao investir no Tesouro Direto, você está emprestando o seu dinheiro para o Tesouro Nacional. Ou seja, o próprio país é a sua garantia.

Por outro lado, na poupança você empresta para um banco. E certamente as chances de o país quebrar são bem menores do que a de um banco falir.

Entre os títulos que o Tesouro Direto oferece, está o Tesouro Selic. Com esse título, o investidor recebe 100% da Selic mais um percentual combinado na compra.

Ou seja, é mais do que a caderneta de poupança que tem rentabilidade de 70% da Selic.

Além disso, o Tesouro tem rentabilidade diária, conforme falamos acima. Em outras palavras, o seu dinheiro rende todo dia útil.

Além do Tesouro Selic, também há outros dois tipos de título: Prefixado e IPCA+.

  • No primeiro caso, você já sabe qual é a taxa de juros que vai receber ao final.
  • No segundo caso, seu dinheiro cresce conforme a inflação oficial.

Contas remuneradas

Conforme dissemos acima, existem contas digitais remuneradas que pagam juros diariamente.

Muitas oferecem rentabilidade entre 100% e 120% do CDI, mas algumas chegam a 200% do CDI. Por exemplo:

CDBs

Os Certificados de Crédito Bancário (CDBs) são investimentos de renda fixa e podem ser comparados ao Tesouro Direto.

Enquanto o Tesouro oferece títulos públicos, os CDBs são títulos privados. Assim, o investidor empresta dinheiro para os bancos emprestarem para seus correntistas.

Como resultado, o banco paga uma taxa de juros para o investidor. Assim como o Tesouro, há CDBs prefixados, atrelados à inflação (IPCA) ou atrelados o CDI. 

A saber, o CDI é uma taxa de juros similar à Selic.

LCI e LCA

Outra opção para quem quer rentabilidade melhor que da poupança são as Letras de Crédito Imobiliário e do Agronegócio.

Neste caso, o dinheiro do investidor é usado para estimular os dois setores (imobiliário e agronegócio) por meio de crédito.

A principal vantagem das LCIs e LCAs é a isenção de Imposto de Renda. Ou seja, o investidor não tem a mordida do Leão nas sua rentabilidade.

Fundos DI

Por fim, outra opção para quem quer tirar o dinheiro da caderneta de poupança são os fundos de investimentos.

Em especial os Fundos DI, que são atrelados à taxa do CDI, oferecem uma boa alternativa à poupança.

Neste caso, o ponto de atenção é a taxa administrativa, que pode reduzir o rendimento do investidor.

Conclusão: existe alternativa à rentabilidade da poupança

Embora a caderneta ainda seja o investimento mais usado pelos brasileiros, ela está longe de ser a melhor opção.

De fato, a população cresce ouvindo que a poupança é a mais segura e estável. Mas agora, você já sabe que isso não é verdade, já que temos o Tesouro Direto, por exemplo.

Conforme apresentamos acima, existem diversas alternativas mais seguras e com rentabilidade melhor que a poupança.

Se você está em busca de uma alternativa à caderneta, confira as dicas que passamos acima e comece a investir.