Uma das grandes discussões em relação ao score de crédito é o que faz parte da conta. O que é levado em consideração para chegar ao resultado da pontuação. E muita gente jura de pé junto que sabe exatamente o que você precisa fazer para aumentar o score.

 

O que significa CPF na nota?

Antes de mais nada, é preciso entender o significado disso. O CPF é o Cadastro de Pessoa Física.

Ele é um documento com uma numeração de 11 algarismos, que é única para cada brasileiro.

Ela não muda com o passar do tempo, nem se você pedir uma segunda via em outro estado do país.

A nota fiscal é um documento que formaliza a prestação de um serviço ou a venda de um produto. Nela, além do valor do produto ou serviço, também é informado o imposto a ser recolhido.

E é aqui que mora a importância de colocar o CPF na nota.

Quando o consumidor faz esse pedido, o comerciante é obrigado a prestar contas para o governo estadual. Assim, colocar o CPF na nota significa que você está ajudando a combater a pirataria e a sonegação fiscal.

 

Você também vai gostar

 

Quais estados possuem programas assim?

Diversos estados possuem programas de Nota Fiscal com o objetivo de reduzir a sonegação fiscal. Em São Paulo, ele chama Nota Fiscal Paulista.

Confira os programas no restante do país.

Acre: Nota Premiada Rio Branco
Alagoas: Nota Fiscal Cidadã
Amapá: não tem programa estadual
Amazonas: Nota Fiscal Amazonense
Bahia: Nota Premiada Bahia
Ceará: Nota Fortaleza
Espírito Santo: Nota Vitória 
Goiás: Nota Fiscal Goiana
Maranhão: Nota Legal
Mato Grosso: Nota MT, e na capital Nota Cuiabana
Mato Grosso do Sul: não tem programa estadual
Minas Gerais: não tem programa estadual. Na capital é o BH Nota 10
Pará: Programa Nota Fiscal Cidadã foi suspenso 
Paraíba: não tem programa estadual
Paraná: Nota Paraná 
Pernambuco: o programa Todos Com a Nota  foi suspenso
Piauí: Nota Piauiense 
Rio Grande do Norte: Nota Potiguar 
Rio Grande do Sul: Nota Fiscal Gaúcha
Rio de Janeiro: Nota Carioca 
Rondônia: Nota Legal Rondoniense
Roraima: Nota Fiscal Roraimense
Santa Catarina: não tem programa estadual
São Paulo: Nota Paulista e Nota Paulistana
Sergipe: Nota da Gente
Tocantins: TO Legal

 

Colocar CPF na nota aumenta o score?

A resposta mais simples e direta é: não! Incluir o CPF na nota fiscal não afeta o score de crédito. Nem pra mais nem para menos. Os dois sistemas não têm qualquer relação.

Para a pontuação de crédito, não importa em nada que você informe seu CPF ao fazer um pagamento. Esse é um dos maiores mitos sobre o score.

 

Então de que adianta pedir CPF na nota?

Bom, se você só está pensando o score, realmente pedir o CPF na nota fiscal não adianta de nada, mas se você pensar na cidadania, ao colocar o seu documento, você aumenta a arrecadação de ICMS no se Estado.

Se esse argumento não é suficiente, que tal ganhar descontos e participar de sorteios?

A maioria dos estados que possuem algum tipo de programa de Nota Fiscal dá benefícios para os consumidores. Entre as vantagens estão desconto em IPTU, IPVA e prêmios de até R$ 1 milhão.

 

E como aumentar a pontuação de crédito?

Esse é o momento da verdade. Se o CPF na nota não aumenta o score, o que fazer para melhorar a pontuação de crédito? Temos algumas dicas que vão te ajudar nessa situação.

Limpe seu nome. Caso tenha dívidas, cheque sem fundo, protesto em cartório, ou qualquer negativação no nome, resolva o mais rápido possível.

Coloque contas no seu nome. Só serve se forem contas de água, luz, gás e telefone fixo. Atenção! Pague sempre em dia essas contas, se não isso vai prejudicar seu score.

Atualize seus dados. Vá à Serasa e ao Boa Vista SCPC e atualize todas as suas informações: telefone, endereço, emprego, renda, etc.

Tenha paciência, pois o score sobe com o passar do tempo, conforme ele perceber que seus hábitos financeiros estão saudáveis.

Com essas dicas, sua pontuação de crédito tem tudo para subir. Agora que você já sabe que o CPF na nota não aumenta o score, que tal compartilhar com quem ainda não sabe? Envie esse texto para amigos e familiares, para que ninguém caia nesse mito.